Páginas

26 de mar de 2012

Retratos, Retalhos e um Por-do-Sol...



A idéia de iniciar o blog chegou tímida.
Devagarzinho foi se encorajando, se permitindo. 
As pessoas foram se aproximando...

Carinhosamente vão chegando  lembranças, afetos e retalhos.

São os amigos trazendo fotos de uma viagem que fizeram, uma história divertida,  um  lugar por onde passaram.
 Me dizem  terem se lembrado de mim e  do que tenho escrito . Agradeço. Acolho.
Colaboram. Ilustram. Inspiram. Compartilham!


E o texto vai saindo em cores de  alegria e gratidão. Porque nenhum trabalho existe por si só. Pequenos detalhes de todos para todos. Começa por um primeiro ponto. Ganha um novo viés e vai se enriquecendo de outros olhares, idéias e alinhavos.  O talento de cada um. O complemento. O lugar onde a gente não chegou. O detalhe que a gente não viu. O trabalho seja ele qual for é uma costura se fazendo a várias mãos. Um pontilhado de bênçãos e melhorias.  Não tem destino certo. É uma colcha de retalhos infinita que se espalha pelo Universo,  bordada com rastros de luz do melhor de cada um.



Chegam fotos de Natal – RN. 
Um presente da amiga Patrícia Perenyi.  





Um lugar perfeito quando a vida e o trabalho nos pedem dias de descanso.Percorrer a costa para encontrar praias quase desertas...Areias brancas e quentes se amontoam em dunas que o vento cuida de assoprar para lá e para cá.


Já andei nesse destino para curar o meu cansaço em busca de soltar o corpo em águas mornas e olhar um céu ensolaradamente azul.


Olhar a cidade e seus afazeres bem de longe...Terminar o dia assim é sempre um convite para voltar.


Já pegamos muitas ondas. Há momentos em que a vida implora pés descalços, uma varanda e uma espreguiçadeira, uma água de côco e um por do sol!




Pat informa - Praia de Barretas!


18 de mar de 2012

Escrevi uma segunda coluna, agora sobre a 
Ponte do Brooklin - NY - EUA, nRevista Salada Magazine   Passem lá para conferir!
Acho que vocês vão gostar!

Aqui, segue uma sequência de fotos de outras lindas pontes que encontrei pelo mundo. Fotografei pela beleza. Pontes sempre me chamaram a atenção.  Somos todos viajantes. De um lado para o outro. 
Nunca imaginei que poderia utilizar as fotos num post, do mesmo modo que  também nunca imaginei que um dia meus textos sairiam do papel. Sim, de um lado para o outro.
Tomara que vocês também gostem. Bjs!


Ponte sobre o Rio Mississipi em New Orleans

Ponte  Alexandre III - Paris

Ponte  Alexandre III - Paris . Surpresa de se conhecer a pé!!!

Pontes sobre os canais na linda Amsterdan _ Holanda


Ponte margeando  um lindo castelo - Escócia. Não é incrível?

Outra beleza que encontrei na Escócia - Forth Rail Bridge - Edimburg




Você também pode gostar:

8 de mar de 2012

Para nós mulheres, buscadoras de amor e fazedoras de vida:

Aos poucos vamos aprendendo a abrir  o coração. Aos poucos cada uma de nós há de se dar conta da própria  imensa capacidade amar. Em breve estaremos aptas a viver relacionamentos inteiros , profundos, duradouros e plenos de vida. O amor não é uma questão de sorte ou de merecimento.

A vida  nos provê na medida do que nos permitimos.

 Não é o outro que vem me amar.  Sou eu quem amo! O amor é meu! !  Já está em mim! Sou eu a oferecê-lo em lindos ramos a quem quiser, a quem der conta de cuidar e fazer florir...

Poderemos repetir isso,  exaustivamente, até  que se torne tão natural que possamos nos apaixonar todos os dias, quantas vezes quisermos!

Ofereço  então, em gratidão ao Universo,  à você meu doce amor, ao meu companheiro que virá  e a quem mais queira partilhar, minha porção de amor.  Mãos em concha. Aos punhados.
É o que tenho no momento ou que me dou conta de ter.  Ainda é pouco. Mas é meu.

De coração!


3 de mar de 2012

Vista aérea do trajeto Chicago - NY.  Tabuleiro luminoso. Harmonia  de um quadriculado perfeito! Os amigos se espremem na janela. Fotografam e eu invento...




Tem momentos na vida que é preciso parar um pouco. Olhar de cima. Olhar o todo.


De repente a gente se dá conta que a vida tem seus próprios contornos e que a nossa insistência em fazer caber no quebra cabeça, aquela peça, aquela pessoa, aquela situação, era só uma teimosia. Não precisa forçar . A vida tem luz própria.  Sinaliza. Brinca de coincidências para indicar o caminho.  Não nos pede sofrimento. Conduz amorosamente para que tudo se encaixe perfeitamente. Leva embora o que não serve. Harmoniza. E quando cedemos, nos deixando conduzir por esta magia, sempre haveremos de nos surpreender com as delicadezas do resultado final!


Fotos: Luciana Lux




mais sobre Chicago:
http://www.escritinhospelomundo.blogspot.com.br/search/label/CHICAGO

Chicago a Cidade do Vento:

Millenium Park – Chicago: