Páginas

30 de dez de 2011

DESERTO DO ATACAMA - Despedida



Quando decidi vir para Deserto do Atacama, me disseram que eu teria pra contar, apenas ventos de areia. O saldo foi surpreendente: paisagens que mudam de cor, flamingos com asas que parecem não dar conta de seu peso,  doces de neve, treme-treme, fumarolas para aquecer o café da manhã, vulcões, altitudes e o encontro com pessoas que gostam de tudo isso!
Tudo, muito além da aridez... Graças!!!

Hora de arrumar as coisas, seguir estrada e agradecer a São Pedro de Atacama, que acolhe e  protege os viajantes,  para que voltem seguros para casa,  com as roupas encardidas de terra vermelha , alma carregada  de cores exuberantes  e cheios de histórias pra contar!




Escritinhos dá as dicas para o Deserto do Atacama:
http://escritinhospelomundo.blogspot.com.br/p/dicas.html



Mais sobre o Chile

Santiago do Chile em dias de verão

Santiago do Chile – Histórica

Escritinhos sobre a Casa de Pablo Neruda, Valparaíso e Viña Del Mar

Vinícolas no Chile


Escritinhos dá as DICAS para Santiago – Valparaíso e Viña Del Mar


DESERTO DO ATACAMA - Você me pergunta o que vou fazer num Deserto...



O Deserto do Atacama é um rodeado de Cordilheira dos Andes. Lindo visual de onde quer que se esteja. Os guias nos dizem que a maior parte das montanhas nevadas são vulcões. Enormes criaturas em sono profundo. 10% deles, se mantém despertos e ativos ao longo dos anos. O mais lindo é o Licancabur! Até o nome impressiona!  Vende-se um trekking de 07 horas de subida para os que querem poder esticar os braços e tocar o céu. Vai lá, depois me conta! Aqui há tours para todos os gostos, dos mais contemplativos aos mais desafiadores. Escolho a trilha do meio.


Dia de visita às LAGUNAS ALTIPLÂNICAS  E  SALAR DE ATACAMA que ficam a mais de 4.000 m.
O local está situado num salar, uma reserva de sal onde vivem os flamingos de cores avermelhadas. Entramos neste santuário em silêncio. Por sorte, eles estavam lá, sobrevoando o santuário de lagoas, de um lado para outro.  Setembro. Ainda há gelo do inverno, o que deixa o cenário ainda mais lindo. A Cordilheira dos Andes emoldura o quadro!


O dia seguinte está reservado para visitar os temidos campos geotérmicos GEYERS DEL TATIO. Temidos pelo frio. Triplico meus agasalhos.  Partimos às 4h da manhã para 4.300m de altitude por estradas de terra.Temperatura negativa 12C. Pic Nic para café da manhã no meio das fumarolas numa enorme área onde a terra jorra fluxos de vapor que alcançam 10 m de altura! Nada de tocá-los para esquentar as mãos!  Alcançam temperaturas de 85C e fazem festa de arco Iris quando o sol aparece!  Eu também!!!!!


Seguimos caminhando por um leito de rio de água quente, águas vulcânicas. Banho termal. Os mais corajosos arrancam as milhões de roupas e se jogam na água...Meus companheiros de viagem são nórdicos e por viverem em países frios, pouco se importam com a temperatura do lado de fora...festejam qualquer raio de sol!!!  Continuei vestida e ajudei no Vivaaaa!!!



OJOS DEL SALAR.  LAGUNA CEJAS. LAGUNA
TEBINQUICHE. Outras tantas...
Lagoas de todos os tipos.  Lagoas cristalinas. Lagoas das águas do degelo.  Lagoas para espelhar a sua imagem. Lagoas tão carregadas de sal... Lagoas para flutuar...



O Museu e a igreja de São Pedro de Atacama contam a história do lugar. Visita que se faz à pé.



A noite há um TOUR ASTRONÔMICO para se contemplar o céu de ATACAMA.
O livro O mundo de Sofia passeia pela relatividade do tempo e do espaço e diz poeticamente que olhar para as estrelas é olhar o passado. Quando olhamos para o céu,  uma parte das estrelas que vemos já morreram há muito tempo. A sua distância de nós era tão grande que, quando a luz que emitiram chega até aqui, elas mesmas já não existem mais.
O Deserto e suas estrelas de  mentira. Calor e frio. Alto e baixo. Montanhas entre rosas e azuis. O vilarejo e suas paredes de adobe. Nada aqui é concreto. O Universo e a relatividade. O deserto é um convite para pensar na imensidão...



Escritinhos dá as dicas para o Deserto do Atacama:
http://escritinhospelomundo.blogspot.com.br/p/dicas.html


DESERTO DO ATACAMA - O Deserto tem seus caminhos...





Dias quentes. Noites com temperaturas negativas. Não é fácil caminhar na altitude. Nos falta o ar...
O Deserto sabe disso e nos prepara o caminho. Estradas margeadas de neve. Generosas porções de doces suspiros. Restos de inverno para adoçar nosso caminho. Céu de brigadeiro.
São muitos os passeios para preencher os dias. Aqui ninguém tem pressa. O Deserto tem todo o tempo do mundo e seguimos caminhando devagar...

23 de dez de 2011

Escritinhos viajando pelo DESERTO DO ATACAMA

 Deslumbramento!
Chegar no Deserto do Atacama pode parecer,  à primeira vista,  um pouso de avião num abandono distante......
 A natureza não revela suas belezas assim, sem mais nem menos. Tem seus caprichos. Se guarda para os mais dispostos. Convida a todos a deixar por alguns momentos a acolhedora  zona de conforto. Ir um pouco mais. Fazer  travessias. Superar limites. Cruzar cordilheiras. Lá na frente nos contempla com verdadeiros tesouros. Deliciosa sensação de que sempre vale a pena!


São Pedro de Atacama é o vilarejo que nos acolhe ao norte do Chile. Ruas de terra , pequeninas lojas, restaurantes acolhedores, encantadoras pousadas e hotéis construídos de adobe, uma  poderosa mistura de barro que sustenta paredes e tetos de sapé. Sensação de rusticidade e acolhimento aos seus visitantes que como eu, chegam aqui, cheios de expectativas.


O deserto é lindo! Tem seus humores. Dias lindos. Noites abaixo de zero. Altitudes. Paisagens exuberantes. Tremor de terra, chacoalhando estruturas, as minhas, de todos. Acordo no meio da noite, num susto... tremendo porta, janelas e cama, porta de armário. Não foi nada, me dizem, é comum, já passou, pode voltar a dormir. Descubro, assim,  mais uma parte da paisagem....

O que mais me impressiona aqui,  são as cores do Deserto. O sol é abundante e transforma os cenários a cada minuto. Disparo uma série de alucinadas e amadoras fotografias, dentro dos recursos técnicos que disponho. Logo percebo que as fotos só mostram uma parte.  Detalhes a gente carrega com a gente.

Desejo a você, meu doce amor,  e a todos onde esta mensagem  possa alcançar, que este sol que inunda o dia e colore o Deserto em todas as cores, chegue até vocês e deixe seus dias igualmente lindos, cheios de vida e coloridos com as mesmas cores que encontro aqui!


Escritinhos dá as dicas para a viagem ao ATACAMA:
http://escritinhospelomundo.blogspot.com.br/p/dicas.html